Astro do rúgbi diz que foi enganado e levado a fazer filme pornô gay quando jovem: “Eu era ingênuo”

Kurt Capewell, estrela da Rugby League, revelou que foi levado a fazer um filme pornô gay que o deixou “envergonhado“. O jogador de 27 anos, que joga pelo Penrith Panthers na Austrália, participou da gravação em 2013. Fotos e trechos do vídeo passaram a circular nas redes sociais, o que levou Capewell a notificar a National Rugby League sobre o ocorrido.

Agora, em uma entrevista para o jornal australiano The Daily Telegraph, Capewell falou pela primeira vez como foi enganado quando era “jovem e ingênuo“. Ele acreditava estar fazendo um ensaio para uma empresa de roupas esportivas e roupas íntimas. No entanto, o ensaio logo se transformou em uma sessão de fotos de nudez e o levou a “realizar um ato sexual” com outro homem. “O organizador usou incentivos e dinheiro extra para se envolver no filme adulto. Assumo total responsabilidade pelo que aconteceu“, disse o jogador.

Minha mensagem aos jovens é que sejam muito cuidadosos ao receber ofertas de dinheiro para sessões de fotos. Tive de aprender da maneira mais difícil. Espero que outros não tenham que passar pelo que eu suportei“, lamentou Capewell, que mandou uma mensagem de texto para seus companheiros de equipe, dizendo que estava “envergonhado” pelo vídeo e que não sabia que estava fazendo sexo com outro homem enquanto o ato acontecia através de uma parede. “É um pouco difícil colocar toda a história em palavras, mas eu estava quebrado e trabalhando como modelo, então fui convencido a fazer um [filme adulto]”, escreveu ele.

O Telegraph acrescenta que uma investigação sobre o incidente foi iniciada, mas nenhuma ação adicional foi tomada.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!