Grindr libera ranking de países com o maior número de usuários ativos, passivos e versáteis

Dezembro é um momento natural onde olhamos para trás, e empresas como o Spotify e a Apple oferecem recursos especiais para ajudar a refletir sobre o ano, mostrando preferências musicais ou compartilhando destaques de fotos de seus usuários. Pensando nisso, o Grindr adotou uma estratégia parecida e liberou de surpresa um ranking de quais países tem mais ativos e mais passivos.

De acordo com o recurso de final de ano chamado Grindr Unwrapped, Vietnã, Suécia, Tailândia, Peru e África do Sul abrigam a maior proporção de usuários que se identificam como passivo. Enquanto isso, a Nigéria, onde o sexo gay é ilegal, é o lar de uma das maiores proporções de ativos, atrás apenas de Marrocos e Índia. Já Chile e Israel ocupam as duas posições seguintes. Se você está procurando por versáteis, a América do Sul é definitivamente seu destino preferido. Usuários da Venezuela, Guatemala e Argentina lideram o ranking do “total flex“.

Esses dados representam apenas uma subseção de nossos usuários (nem todos os usuários do Grindr incluem essas informações em seus perfis), e o próprio Grindr representa apenas uma subseção da comunidade queer global. Portanto, é importante notar que este não é um relatório abrangente ou científico sobre sexo queer global e comportamentos de namoro“, ressaltou o aplicativo em nota. “Em vez disso, é uma forma divertida e informal de ajudar nossos usuários a se conhecerem melhor, servir como um quebra-gelo para conversas no aplicativo e fornecer alguns insights sobre as tendências de atividade.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!