Casal gay realiza casamento a beira de vulcão em erupção: “Foi uma experiência linda”

Um casal islandês celebrou o casamento em meio à erupção do vulcão Fagradalsfjall, que permaneceu inativo por 800 anos, mas em março voltou a soltar lavas e se tornou uma atração turística da região. SumarlioiJón esperavam se casar em setembro do ano passado, mas, foram forçados a adiar o casamento devido a pandemia da Covid-19.

A ideia foi toda de última hora, pois tínhamos quatro dias para encontrar os ternos, polir nossos anéis, cortar o cabelo e nos encontrar com o oficial de casamento“, conta Jón, um dos noivos, em entrevista ao portal Queerty. “O local da erupção vulcânica fica em um vale a cerca de 90 minutos de onde estacionamos. Por isso, caminhamos juntos com equipamento completo de caminhada com bastões de trekking e os nove metros inteiros”, revelou ele. “A caminhada foi divertida, mas tivemos que atravessar uma tempestade de neve na maior parte do caminho, o que deixou Sumarlioi estressado, já que ele estava morrendo de medo de morrer de frio depois de colocar o terno de casamento”, revelaram.

O que não faltou no casamento foi adrenalina. E nem mesmo os contratempos enfrentados os impediram de celebrar o momento. “Nós abrimos o champanhe, comemos um pouco de bolo e tiramos fotos na frente da lava ainda fresca. Foi uma experiência linda, inspiradora e, ao mesmo tempo, assustadora casar diante desta majestosa maravilha da Mãe Natureza”, finalizou.

Confira alguns cliques

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!