Carlos Bolsonaro se irrita com ação LGBTQ+ nos postos da Orla do Rio e pede explicações da Prefeitura

Carlos Bolsonaro (Republicanos), não gostou nadinha da ação LGBTI+ nos postos da Orla do Rio de Janeiro. Pelas redes sociais, o vereador afirmou que irá cobrar explicações da Prefeitura do Rio sobre a ação, que não contou com dinheiro público.

No post, o político diz ter recebido reclamações sobre as ações e afirma que, por este motivo, saber “qual a finalidade da campanha“, “o retorno financeiro esperado considerando o défict na arrecadação municipal” e “se houve consulta de mercado e popular para instalação dos engenhos de publicidade“. Órgão de turismo responsável pela iniciativa, a Riotur diz que não recebeu o requerimento, e assim que for acionada oficialmente, responderá todos os questionamentos do político, “como é a conduta do órgão em relação a qualquer dúvida dos vereadores da cidade”. A Riotur afirma ainda que não houve qualquer despesa pública na ação, que contou com o apoio da operadora Tim e da Orla Rio, entidade que gerência bares e restaurantes das praias cariocas. 

A campanha celebra o Mês do Orgulho LGBT e inclui também a iluminação da Cidade das Artes (sede da Riotur) e dos Arcos da Lapa nas cores da bandeira LGBT entre 25 e 28 de junho, 18h à 1h.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!