Anitta se posiciona sobre discurso homofóbico de DaBaby: “Sempre estarei com minha comunidade LGBTQ+”

Depois de Dua Lipa, foi a vez de Anitta se manifestar contra o discurso homofóbico e sorofóbico de DaBaby. O posicionamento era esperado, já que a carioca colaborou com o rapper no remix de “Girl From Rio”.

Sempre estarei com minha comunidade LGBTQ+. Também envio todo o meu respeito e apoio para acabar com qualquer ignorância e estigma em torno do HIV / AIDS. Eu condeno qualquer demonstração de ódio. Deixe o amor brilhar”, escreveu Anitta no Twitter, sem citar o nome do rapper. E nem precisou, não é mesmo?! Para bom entendedor, meia palavra basta!

O rapper norte-americano virou alvo de críticas depois de disparar uma série de falas homofóbicas e sorofóbicas durante seu show no festival Rolling Loud, que ocorreu no último domingo (25/07), em Miami, nos Estados Unidos. “Se você não apareceu hoje com HIV, AIDS ou qualquer uma dessas doenças sexualmente transmissíveis, ligue a lanterna do seu celular. Rapazes, se vocês não estão chupando um p*u no estacionamento, liguem a lanterna do seu celular”, disse DaBaby.

O rapper bem que tentou consertar sua fala, mas acabou piorando ainda a situação. “Mesmo meus fãs gays, eles não têm a porr* da AIDS, seus idiotas. Eles não têm AIDS. Meus fãs gays se cuidam. Eles evitam isso. Não são gays nojentos. Não são viciados. Meus fãs gays têm classe. Eles não são babacas em um estacionamento. Você tem que pegar um quarto. Um bom, em um hotel cinco estrelas. Até meus fãs gays têm padrões”, disse ele pelo Instagram.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!