Mulher trans queimada viva no Recife tem os dois braços amputados devido à gravidade dos ferimentos

A transexual Roberta Silva, de 32 anos, que teve 40% do corpo queimado por um adolescente no Recife (PE), vai precisar amputar o braço direito. A vítima já havia amputado o braço esquerdo no último sábado (26/06) no Hospital da Restauração. Roberta deu entrada na instituição com lesões no tórax, abdômen, mãos e braços.

Nós fizemos um trabalho nessa perspectiva de preservar [o braço direito], já que [ela já] tinha perdido o braço esquerdo. Mas vem complicando. Ontem, quando foi feita uma reavaliação, a musculatura está começando a deteriorar. A equipe de cirurgia vascular foi chamada e definiu que terá de ser feita a amputação”, explicou o médico Marcos Barreto, em entrevista à TV Jornal. De acordo com o hospital, Roberta se recupera das cirurgias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ela está consciente e sabe sobre as amputações. Roberta vem sendo acompanhada por uma equipe de psicólogos e assistentes sociais.

Roberta foi atacada por um jovem de 17 anos no centro de Recife, em Pernambuco, na madrugada da última quinta-feira (24/06). Conforme a Polícia Militar, agentes realizavam um patrulhamento quando foram acionados por populares sobre uma tentativa de homicídio e viram a vítima em chamas. O adolescente responsável pelo ataque tentou fugir, mas foi detido e levado para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA). 

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!