“Salve-se Quem Puder” tem primeiro beijo de homem trans e mulher cis na TV aberta

O episódio da última quarta-feira (14/07) de “Salve-se Quem Puder” foi marcado por um momento histórico: a exibição do primeiro beijo entre um homem trans e uma mulher cisgênero da TV aberta. O ator Bernardo de Assis (Catatau) e a atriz Juliana Alves (Renatinha) foram os responsáveis pelo feito.

A cena mostra Catatau sendo discriminado em um restaurante por ser um homem trans. Após uma discussão, o estagiário é defendido por Renatinha e a beija na sequência. Os dois são aplaudidos por conta da atitude. Por conta disso, os personagens acabaram entrando para os tópicos mais comentados do Twitter. “A família tradicional brasileira pira. Só sei sentir orgulho“, comentou um dos internautas. “A Renatinha defendeu o Catatau, e ainda teve beijo, a surra nos transfóbicos não para“, comemorou outro.

Responsável por dar vida a Catatau, Bernardo classificou a cena como um ato de resistência. “É importante para mim, como homem trans, ter a oportunidade de mostrar meu trabalho como ator de forma tão leve e natural através da história do Catatau”, afirmou Bernardo. Juliana também comemorou o momento histórico. “O primeiro beijo trans interracial na nossa televisão aberta. É gratificante para mim, enquanto atriz, poder usar o meu trabalho para trazer representatividade e ajudar a normalizar o amor em todas as suas formas”, celebrou ela.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!