Deputado federal do DF, professor Israel Batista revela que é gay: “Esse momento exige fala e posicionamento”

De família evangélica, o deputado federal Israel Batista (PV-DF), conhecido como professor Israel, falou publicamente, pela primeira vez, que é homossexual. De acordo com o deputado, ele decidiu assumir a sua orientação porque o Brasil passa por um momento em que neutralidade pode parecer conveniência.

“Não preciso ser mulher para defender os direitos das mulheres. Não preciso ser preto para defender uma pauta antirracista. Não preciso sofrer perseguição para exigir tolerância, respeito”, disse o parlamentar em entrevista ao Correio Braziliense. “E não precisaria nem ser gay para defender os direitos humanos, a comunidade LGBTQIA+, no país que mais mata gays na América”, continuou. Batista também aproveitou para revela que está namorando um funcionário do Senado.

Ele ainda falou sobre a importância do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ter assumido sua homossexualidade durante o programa Conversa com o Bial. Para o deputado, a atitude de políticos como ele e o governador de se assumirem publicamente devem ser consideradas como um “alerta“. “Essa não deveria ser, necessariamente, uma questão. A gente não deveria ter que falar sobre isso, mas viver isso. É no momento em que vocês me encontram no jantar, vocês me encontram com meu namorado. É isso que deveria acontecer. Mas esse momento exige fala, posicionamento, postura. […] Se dependesse da vontade daqueles que hoje nos governam, pessoas pretas, mulheres, gays teriam menos direitos do que antes. É por isso que é um alerta“, ressaltou.

O deputado contou que entendeu sua orientação sexual quando ainda estava casado com sua ex-esposa. Eles estavam juntos desde os 18 anos e a partir dos 24 anos passou a compreender mais. “Meu pai, minha mãe, meus irmãos vivenciaram esse processo foi muito importante para mim também. Esse acolhimento da minha mãe, com essa tese ‘Como Jesus faria?’, foi essencial. E, finalmente, minha relação com Deus. Tenho um diálogo constante com Deus, uma fé inabalável”, relembra.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!