McDonald’s abandona banheiros multigênero em Bauru após notificação da Prefeitura

Após receber uma notificação da Prefeitura de Bauru, o McDonald’s desistiu de ter banheiros “multigênero” na unidade do interior de São Paulo e retirou as indicações gráficas nas portas de seus sanitários.

Antes, desenhos identificavam que o banheiro poderia ser usado por qualquer gênero, desde que feito individualmente. Agora, restou a representação clássica de “masculino” ou “feminino” nas portas. O uso continua sendo individual. Por meio de nota, o McDonald’s informou que alteração foi uma adequação ao código sanitário do município. Segundo a Vigilância Sanitária, o Código estipula que “sanitários devem ser separados e identificados, para cada sexo.” A mudança ocorreu após a rede de fast food ser multada pela prefeita da cidade, a ultraconservadora Suéllen Rosim (Patriota).

O caso ganhou repercussão neste mês, com um vídeo que viralizou nas redes sociais. Na gravação, uma mulher filma as portas dos banheiros do restaurante e afirma que o McDonald’s, considerado um símbolo do capitalismo, era “comunista” por adotar os espaços multigênero. “Quero que todos vigiem sua cidade. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro, mulher. É um absurdo isso. É o comunismo na nossa cidade de Bauru. Uma vergonha isso, uma pouca vergonha. McDonald’s comunista“, afirma a autora do vídeo.

Relembre o episódio

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!