Benny Briolly tem mais de 10 ameaças de morte e mudou de casa 3 vezes: “Trava não se cala por medo”

Na semana que é celebrado o Dia da Visibilidade Trans, o Pheeno conversa com Benny Briolly! Com 30 anos de idade, ela é vereadora eleita pelo município de Niterói e conta que, desde os 13 anos, percebeu que tudo era muito político e se enxergou neste lugar de liderança que engaja outras lideranças políticas.

Benny relata que seu florescer mulher não foi condicionado no biológico e discordava do discurso de que tenha nascido no corpo errado: “Por que eu não posso ser uma mulher com pau?! Por que pra ser mulher tenho que ser cis?”. A vereadora revela que já recebeu mais de 10 ameaças de morte, já se mudou de localidade três vezes e não tem mais o direito de ir e vir, mas afirma: “Travesti não se cala por medo, porque ele é uma realidade da nossa sobrevivência”. Ela relembra como foi sua entrada no Parlamento e conta que deu início a 150 projetos em um ano de mandato.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!