“Quem disse que Jesus é hétero?”, questiona apresentador Neto ao falar sobre homofobia no futebol

O apresentador Neto, do programa “Donos da Bola”, da Band, voltou a falar sobre a comunidade LGBTQIA+. Ao se posicionar contra homofobia de parte da torcida do São Paulo Futebol Clube (SPFC), ele levantou especulações sobre a sexualidade de Jesus Cristo.

A situação ocorreu quando a torcida do SPFC deixou evidente que não queria ser categorizado como “trikas”. O termo tem sido bastante usado por influenciadores e internautas, mas tem gerado forte reação contrária da torcida organizada. Na avaliação de Neto, parte dos torcedores desprezam o apelido por homofobia. “Qual o problema dos caras ser [sic] “trikas”? É tanta preocupação em relação a isso; essa homofobia idiota de uma parte da torcida“, começou.

“Diga-se de passagem: Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o homossexual? Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o bissexual? Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o [sic] travesti? Quem falou que você, que é homem, é melhor que mulher? Quem falou para você que Jesus é hétero?”, conclui Neto.

Ídolo São-Paulino, Cicinho foi um dos que não gostou do apelido, que ganhou diversas interpretações. “Vocês estão de brincadeira comigo. Quem inventou essa palhaçada aí? Não tem nada de Trikas, isso é uma infelicidade danada“, reclamou no Instagram.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!