Kadu Moliterno explica por que prefere que filho gay more fora do Brasil: “Índice enorme de assassinato de LGBTs”

Embora o filho caçula, Kenui, já esteja com 25 anos, Kadu Moliterno continua se preocupando com o jovem, que é homossexual e mora nos Estados Unidos. O ator já havia dito que fica receoso quando o rapaz vem ao Brasil, e explicou os motivos à coluna de Patrícia Kogut, no Jornal O Globo.

Claro que eu me preocupo em qualquer lugar do mundo, mas aqui ainda é muito forte o preconceito“, justificou ele. “Ele defende a causa lá fora. Claro que eu me preocupo em qualquer lugar do mundo, mas aqui ainda é muito forte o preconceito. A gente tem um índice enorme de assassinato de pessoas LGBTQIA+. Sem contar que, nas vezes que ele veio, foi assaltado em arrastão e agredido“, conta o ator.

Então, tenho muito medo, mas ele é destemido. Por isso me preocupo. Só que filho é criado para o mundo, uma hora não dá mais para eu dizer ‘não faça isso’. Acho que, agora, depois dos últimos assaltos, ele está mais com o pé atrás, mais cuidadoso”, explicou Moliterno. Além de Kenui, o ator é pai de Lanai, de 28 anos, e Kawai, de 30. 

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!