Capa de revista americana masculina, Elliot Page fala sobre repercussão de sua transição de gênero

Capa da revista Esquire, publicada nesta quarta-feira (01/05), o ator Elliot Page falou sobre a repercussão após se assumir como homem trans e também sobre sua felicidade ao “se parecer consigo mesmo“. O ator de 35 anos abriu o coração sobre a repercussão de sua transição de gênero, suas memórias de infância e revelou também que foi ameaçado de morte na rua.

Eu sei que pareço diferente para os outros, mas para mim estou apenas começando a me parecer comigo mesmo. É indescritível, porque eu estou tipo, ‘lá estou eu’. E graças a Deus. Aqui estou. Então, a maior alegria é apenas poder se sentir presente, literalmente. Sair com um grupo de pessoas novas e poder me envolver de uma forma que eu não tenha a sensação constante de fugir do meu corpo, essa sensação interminável de ansiedade e nervosismo“, declarou o ator. Na conversa, Elliot também afirmou que a transfobia é mais intensa que a homofobia. “Não esperava [que a repercussão] que fosse tão grande. Em termos de qualidade real da resposta, foi o que eu esperava: amor e apoio de muitas pessoas e ódio e crueldade de tantos outros. Eu me assumi gay em 2014, e é diferente. A transfobia é tão, tão, tão extrema. O ódio e a crueldade são muito mais incessantes”, disse.

Ele relatou que ao sair de um hotel em que estava hospedado, um homem começou a xingá-lo. “Eu só queria atravessar a rua e não conseguia. Estava trânsito. Ele era tão alto, eu não poderia fazer nada fisicamente. Se eu falasse algo, ele poderia me retaliar. Se eu desse meia volta, ele poderia fazer outra coisa. Então fiquei parado olhando para frente“. Ao atravessar a rua, o homem então afirmou que mataria Elliot. “Eu corri, estava sozinho. Entrei em uma loja de conveniência e ele falou: ‘É por isso que preciso de uma arma’“, revelou o ator.

Elliot também vai retornar às telas da Netflix para a terceira temporada de “The Umbrella Academy“, que estreia na plataforma em 22 de junho. O ator interpreta Viktor Hargreeves, que se tornará uma pessoa trans na série para acompanhar a transição dele próprio fora das telas. Essa é a primeira vez que um personagem da televisão fará uma transição de gênero junto do ator que o interpreta.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!