Após três meses, Pedro HMC fala pela primeira vez sobre vídeo íntimo e morte do marido Paulo Vaz

Pedro HMC se pronunciou pela primeira vez, nesta quarta-feira (01/05), sobre a polêmica envolvendo o vazamento de um vídeo íntimo, além da morte de seu marido, o policial Paulo Vaz, mais conhecido como Popó Vaz. A morte aconteceu no dia seguinte ao vazamento de um vídeo íntimo de Pedro nas redes sociais.

Em entrevista ao colunista Leo Dias, do jornal Metrópoles, o influenciador revelou que o responsável pela divulgação indevida do vídeo foi um rapaz que ele conheceu em um aplicativo de pegação. “Não sei qual foi o intuito além da maldade. Tudo bem, vazou um vídeo, mas ninguém pensou no nível de ódio que o Paulo também estava recebendo”, desabafou. O homem, que estava em sua casa, teria aproveitado um momento de descuido de Pedro para acessar o aparelho celular do influenciador e publicar o vídeo nas redes.

Além disso, ele afirmou Paulo ficou muito sentido com os comentários transfóbicos da própria comunidade LGBTQIA+. “‘Se o marido tivesse um pênis, não ia estar com outro’. Eram homens gays falando tudo aquilo. Fiquei extremamente chocado com a quantidade de gays moralistas. É muito difícil chamar como comunidade”, lamentou Pedro, na entrevista.

O youtuber, no entanto, destaca que outros fatores também já estavam deixando Paulo mal há algum tempo, inclusive, questões profissionais. “O Paulo, além disso, estava com outras questões pessoais e profissionais e que estavam influenciando. (…) Ele falava dessas questões dos plantões, que estavam mexendo muito com ele. Ser policial é um trabalho que a pessoa passa muita pressão”, disse.

Confira a entrevista completa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!