Caio Revela critica vídeo viral: “tirando nossa oportunidade de compra”

O vídeo de um tiktoker de moda viralizou nas redes ao mostrar os looks que ele poderia fazer com uma calça jeans de um número exageradamente maior que o seu. Os looks de gosto duvidoso trouxeram não apenas o que muitos blogueiros já fazem, mas levantou uma dúvida: seria legal comprar roupas XG para cortá-las a fim de fazer roupas para pessoas magras?

Caio Revela, influenciador gay do movimento Corpo Livre, que é gordo e dialoga com sua comunidade a fim de trazer autoaceitação e denunciar casos de gordofobia, tratou de reagir ao vídeo em que foi marcado dezenas de vezes para explicar de que forma essa performance só perpetua estereótipos de corpo padrão e tira a chance de pessoas gordas de comprarem roupas de seu tamanho.

“Muita gente acha que é mimimi quando pessoas fora do padrão reclamam que não encontram roupas para poderem viver. As pessoas acham que gordos são introspectivos ou gostam de ficar em casa e na verdade, uma das razões para isso é não encontrar roupas para nosso tamanho. Será que fazendo isso a gente não está tirando a oportunidade de compra de uma outra pessoa?”, questiona Revela.

Apesar das críticas, caio recebeu apoio da maioria dos comentaristas que contaram situações de ir a brechós e não encontrar roupas grandes, porque pessoas levam essas roupas para fazer upcycling, reutilização de roupas a fim de produzir outras sem geração de resíduos novos ou custos. Outros dizem que roupas XG são caras e essa seria mais uma razão para não se fazer ou incentivar esse tipo de conteúdo.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!