MG: Estudante expõe relação abusiva com padre e diz religioso promovia orgias em casa paroquial

A Igreja Católica de Minas Gerais está abalada com a revelação de um escândalo desde a última segunda-feira (13/05). Isso porque o estudante de biomedicina Fernando Leão causa polêmica nas redes sociais depois de expor seu caso amoroso e abusivo com o Padre Samuel Carvalho Detomi, da Paróquia de São Sebastião do Macuco de Minas, distrito de Itumirim.

“Para quem não sabe, eu vivi um relacionamento abusivo, narcisista, agressivo, que me submeteu a fazer coisas fora do meu patamar. (Me envolvi com um Padre), onde me fez passar por humilhações, ofensas e agressão psicológica, além disso eu tinha que acertar os desejos obscuros por orgias, surubas, sem o meu consentimento. Dentro da Igreja, dentro da casa paroquial. Tudo contra o direito de diáconos, contra a Igreja Católica. Enganando fiéis”, afirmou Fernando em suas redes.

O estudante não só expôs como também compartilhou a denúncia que encaminhou ao bispo da Diocese de São João Del Rei, em Minas Gerais. Na imagem, Fernando afirma que possui uma série de provas contra o padre. “Tenho provas o suficiente para comprovar meu vínculo com ele, estou disposto a expor a minha história e levar a público. Diante de adversos desacordos, ofensas e humilhações. Além disso, tenho provas de tudo: fotos, vídeos, além de conversas obscuras. Irei encaminhar tudo ao tribunal eclesiástico para que sejam tomadas as devidas providências”, revela ele.

A história ganhou repercussão local e foi parar na imprensa. O Bispo de São João Del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, decidiu se manifestar e emitiu um decreto de afastamento do padre Samuel. Enquanto isso fará as devidas averiguações para apurar toda essa história. “Em vista das providências cabíveis a serem tomadas no âmbito do Direito Canônico, esse decreto é por tempo indeterminado ou enquanto não mandarmos o contrário”, diz o documento emitido pelo bispo.

Fernando seguiu falando sobre o caso nos stories e disse que, coso tentem intimidá-lo para apagar o post, ele fará outra denúncia e dessa vez irá expor outros padres envolvidos no caso. “Se tentarem me intimidar para eu retirar o post, é pior porque aí terei que fazer outra denúncia e expor outras pessoas, como por exemplo outros padres que tem rabo preso com ele, homens casados com mulher”, alertou o estudante.

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!