Maracujá em formato de pênis de 20 centímetros atraí curiosos no Maranhão

maracujadona620x465

Uma dona de casa vem lucrando com um pé de maracujá no quintal de sua casa, em São José de Ribamar (MA). O interesse pelo maracujazeiro dela foi motivado pela fruta, que cresce em formato de pênis. Maria Rodrigues de Aguiar Farias, 53 anos, contou que resolveu cobrar as visitas após furtarem o seu celular.

“Desde que descobriram que tinha uma fruta assim no meu quintal, muita gente começou a querer ver com os próprios olhos. Era muita gente mesmo. O problema é que, para chegar ao quintal, as pessoas tinham de passar por dentro da minha casa. Em uma dessas visitas, levaram o meu celular”, disse Maria. Após o furto, ela resolveu cobrar por cada visitação. “Passei a cobrar R$ 2 para visitantes; R$ 15 para fazer fotografias; e R$ 20 para fazer filmagem”, afirmou ela.

Questionada pela reportagem se ela já provou o tal maracujá, dona Maria disse que sim! “Comi a polpa, que parece melão ou abacate. Eu cortei de comprido e experimentamos. Não é amargo, nem azedo e nem muito doce, é suave”. Segundo Marcelo Cavallari, pesquisador de recursos genéticos vegetais da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), não dá motivos para não comer a fruta.

“É bem grande, é bem grosso mesmo. Chega a ter entre 15 e 20 centímetros de comprimento. Não há motivo para que o maracujá não seja consumido por causa do formato, mas também não sabemos como é por dentro”, disse Cavallari.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!