Boxeador gay dedica próxima luta às vítimas do atentado de Orlando

6

O boxeador gay porto riquenho Orlando Cruz afirmou em entrevista que pretende dedicar a sua próxima luta, que acontece no dia 15 de julho, sexta-feira, para as 50 vítimas assassinadas no massacre contra a boate Pulse.

“No início, eu fiquei triste”, disse Cruz, em entrevista ao jornal “Orlando Sentinel”. “Em segundo lugar, com raiva. Estou muito zangado, porque as pessoas são homofóbicas. Eles atacaram minha comunidade, então me atacaram também”. Para a homenagem, o esportista pretende tocar 10 vezes o sino que sinaliza o início a luta. Cruz ainda afirmou que também vai usar uma roupa dedicada as vítimas: uma sunga colorida!

O atleta saiu do armário em 2013, durante uma entrevista para o The Guardian. “Eles podem me chamar de marica ou viado, e eu não me importo. Deixem dizer isso porque eles não podem me machucar agora. Eu estou relaxado. Eu me sinto tão feliz. Mas para fazer este anúncio para o mundo inteiro tive que ser muito forte. Eu tenho orgulho de ser porto-riquenho, assim como eu tenho orgulhoso de ser um homem gay”, disse na época.

Confira fotos do atleta…

5

10

7

3

2

1

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!