Jornalista Alexandre Garcia detona ideologia de gênero: “Nascemos machos e fêmeas”

alexandre-garcia-globo-e1452893727654

O jornalista da TV Globo, Alexandre Garcia, virou um dos assuntos mais comentados na web nesta semana ao criticar o que ele chama de “ideologia de gênero”. Em áudio vazado nas redes sociais, Garcia comenta questões que envolvem sexo e gênero.

“Todos nascem com sexo biológico. Como no reino animal, na classe dos vertebrados, mamíferos, na ordem dos primatas, na família dos hominídeos e aqueles do gênero humano (é isso o que diz a Biologia), nascemos machos e fêmeas. É um fato biológico. Não é a ideologia que marca o nosso sexo”, afirma o jornalista, garantindo que seu depoimento baseia-se em uma nota oficial da Associação Americana de Pediatria e do Chefe da psiquiatria do Hospital da Universidade John Hopkins.

Paul McHugh.
Paul McHugh.

“Os gêneros masculino e feminino só existem na gramática. O sapato é do gênero masculino, a cadeira é do gênero feminino. Na biologia, não. Na biologia temos sexo: machos e fêmeas”, continua. Ainda na gravação, Garcia critica o uso de hormônios dados a crianças transgêneros para que elas não desenvolvam caracteres masculinos ou femininos na puberdade dizendo que isso pode ser prejudicial aos jovens.

“Hormônios como testosterona dado para a menina e estrogênio dado para o menino, aumentam a pressão cardíaca, causam coágulos na circulação, podem causar AVC, câncer e o índice de suicídio é 20 vezes maior com o uso de hormônios do sexo oposto”.

No entanto, essa associação à qual o jornalista se refere não é a American Academy of Pediatrics (AAP), principal órgão representante de profissionais de pediatria dos Estados Unidos. A associação citada por Garcia trata-se da American College of Pediatricians (ACPEDS), conhecida por defender valores cristãos e com frequência atacar pautas e direitos LGBT. Já Paul McHugh, que ele diz comandar o hospital da Universidade John Hopkins, na verdade, não ocupa mais o cargo e jamais foi uma autoridade no assunto.

Confira…

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!