Erick Jacquin quer equipe de gays e drag queens em novo restaurante: “O Brasil é isso”

Um dos jurados do Masterchef, o chef Erick Jacquin anunciou que vai abrir novamente seu restaurante, fechado em 2014, após problemas financeiros. Em entrevista ao site Notícias da TV, Jacquin declarou que quer diversidade na equipe.

“Hoje imprimi 400 e-mails [com currículos]. Quero fazer um restaurante que é o espelho do Brasil. Quero todos os tipos de pessoa, mulher, japonês, negro, gay. Quero um anão, estou procurando. E quero drag queen. O Brasil é isso”, afirmou Jacquin, que está prestes a estrear com nova temporada do programa Pesadelo na Cozinha, na Band.

Ainda durante a entrevista, o chef de cozinha revelou que no antigo empreendimento ele era muito duro com os funcionários, por isso acabou recebendo vários processos trabalhistas. No entanto, ele acredita que com a reforma pode ajuda-lo na nova empreitada. “Eu jurei nunca mais assinar uma carteira de trabalho, mas voltei atrás. Quando falei que ia abrir um restaurante, é porque a lei trabalhista mudou. É uma evolução do país, precisa disso”, afirma.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!