Netflix lança documentário sobre criança morta pelos pais por suspeita de ser gay

A Netflix lançou um novo documentário abordando o cruel assassinato de um garoto de oito anos que havia sido abusado e torturado pela própria mãe e pelo namorado dela, apenas por suspeitar dele ser gay. O caso aconteceu no ano de 2013, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Intitulado “O Caso Gabriel Fernandez”, o documentário contém seis episódios que detalham as investigações feitas por assistentes sociais que revelaram os abusos domésticos sofridos pela criança. No entanto, a mãe permaneceu com a guarda de Gabriel por negligência da justiça, até que os abusos evoluíram e causaram sua morte.

Em março de 2018 o padastro do garoto Isauro Aguirre, namorado de Pearl Fernandez, foi condenado a pena de morte. Já a mãe de Gabriel acabou sendo condenada à prisão perpétua. Nas rede sociais, os internautas ficaram chocados com a crueldade registrada.

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!