Venda de bonecos sexuais aumentam em meio ao distanciamento social

O fabricante de brinquedos sexuais, Sex Doll Genie, revelou que muitos solteiros e casais estão comprando bonecos sexuais em números recordes para aliviar o tédio durante o distanciamento social causado pelo coronavírus.

Em entrevista ao portal GayStarNews, a empresa conta já vendeu mais bonecas no primeiro trimestre deste ano do que em todo o ano de 2019. As estatísticas também mostram um aumento no número de bonecos sexuais masculinos para homens e mulheres queer. A empresa até expandiu a força de trabalho para acompanhar a demanda. “Estamos vendo a indústria de bonecas sexuais passar por uma revolução durante a pandemia de COVID-19, com um enorme aumento de pedidos de casais e de homens e mulheres solteiras”, disse a porta-voz da empresa, Janet Stevensen, portal.

“Os casais que foram colocados em quarentena parecem muito mais abertos a tentar algo novo depois de possivelmente experimentar mais durante o bloqueio. Também estamos vendo mais homens e mulheres solteiras fazendo pedidos pela primeira vez. Achamos que isso ocorre porque eles veem a diversão solo como uma alternativa mais segura aos aplicativos de namoro”.

A Sex Doll Genie, que opera nos EUA e na Europa, afirma ser a maior loja de bonecas sexuais do mundo. Bastante realistas, alguns de seus bonecos chegam a custar mais de 2 mil dólares.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!