Ameaçado de morte após anunciar casamento gay, empresário morre de Covid-19 no dia da cerimônia

O empresário Saulo Rodrigues Lopes, de 37 anos, que recebeu ameaças ao anunciar o seu casamento com Rafael Ferreira Luiz, morreu no dia em que a cerimônia estava marcada, em Anápolis. Saulo teve uma parada cardiorrespiratória depois de ser internado para tratar da Covid-19. 

Rafael, de 27 anos, contou que o companheiro teve a doença no início de julho e ficou com 60% dos pulmões comprometidos. Infelizmente, Saulo piorou na última semana e foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “No sábado ele falou que não conseguiria cumprir a promessa que ele me fez, que era casar, e que ele não estava aguentando mais. No domingo, que era para ser nosso casamento, ele foi intubado. Ele faleceu no horário que estaria entrando na cerimônia, às 16h, estava no convite”, explicou ao G1. Em seu perfil no Instagram, Rafael expressou o sentimento pela partida do companheiro: “Você mudou a minha vida. Você foi e sempre será o motivo de eu acordar todos os dias. Você tinha que partir logo hoje, meu amor? No dia do nosso casamento?”, lamentou ele. “Que Deus te receba em seus braços, você sempre com esse sorrisão cativante será lembrado por todos. Eu te amo eternamente”, escreveu Rafael em outra publicação.

O casal se tornou conhecido nacionalmente após sofrer ataques homofóbicos assim que anunciaram o matrimônio. Saulo e o noivo registraram um boletim de ocorrências no dia 7 de maio deste ano, denunciando que receberam mensagens de um perfil fake, com o nome do casal, dizendo que eles iriam morrer. Já em junho, a loja de produtos importados que pertencia aos dois foi furtada e eles tiveram um prejuízo de cerca de R$ 30 mil. Na época, o casal disse acreditar que o furto foi praticado pelas mesmas pessoas que já os ameaçavam. De acordo com a Polícia Civil, o inquérito está em andamento e depende de medidas judiciais representadas.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!