Pastora pede que fiéis “agradeçam coronavírus” porque pandemia cancelou Paradas LGBTs pelo mundo

Uma pastora cristã que se define “ex-lésbica” está “dando graças a Deus pelo coronavírus” porque a pandemia causou o cancelamento de diversas Paradas do Orgulho pelo mundo.

Rosaria Butterfield, que se identificava como lésbica antes de se converter ao cristianismo e se casar com um homem, sugere que a pandemia poderia ser um “recado de Deus” contra a comunidade LGBTQ+. Em uma postagem no blog do site cristão Desiring God, ela pede aos cristãos que “agradecessem” a Deus pelo coronavírus, acrescentando que, depois de anos de sua igreja falhando em converter a comunidade LGBTQ+ local, “Deus respondeu nossas orações enviando COVID-19″.

“Vocês imaginam que este será o primeiro mês de junho em décadas sem uma marcha pública do Orgulho Gay? Isso é uma grande notícia!”, escreveu Rosaria. “Aqui está uma pergunta de coração para todos nós. Você está louvando a Deus por isso? Ou prefere, no conforto do ar-condicionado de sua casa, lamentar uma economia que se beneficia de todos os tipos de pecado?”, finalizou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!