Bar em São Paulo é condenado a pagar R$ 25 mil a cliente gay vítima de homofobia

Um bar e restaurante em Guarulhos (SP) foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$ 25 mil a um cliente que foi alvo de homofobia por parte dos seguranças do local.

Segundo informações do site ConJur, o cliente estava dentro do bar quando seguranças o abordaram supostamente por estar com a camisa aberta, o que infringia regras internas do estabelecimento. O autor alega que quando se negou a abotoar a camisa, os seguranças começaram a ofendê-lo com xingamentos de teor homofóbico e tentaram expulsá-lo do local.

Para o juiz Artur Pessôa de Melo Morais, da 5ª Vara Cível de Guarulhos, o comportamento dos seguranças foi “intolerável”. “Ainda que o requerente estivesse, efetivamente, com parte de sua blusa aberta, nada justificaria o ataque e o desrespeito perpetrado pelos prepostos da casa que, com a intenção de humilhá-lo e diminui-lo, utilizaram-se, com viés evidentemente pejorativo, de elementos sensíveis de sua livre orientação sexual”, escreveu. A decisão ainda cabe recurso.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!