Dumbledore não será abertamente gay em “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”

A Warner Bross parece ter voltado atrás na decisão de mostrar Dunbledore abertamente gay na franquia de “Animais Fantásticos”. Em 2010, a escritora J.K. Rowling confirmou a orientação sexual do personagem, e revelou que ele foi amante de longa data de Grindelwald e isso seria mostrado nos filmes.

No entanto, David Yates, diretor do filme, afirmou que a sexualidade do bruxo não será explicita. “O filme não mostrará sua sexualidade explicitamente, mas os fãs sabem sobre sua história com Grindelwald. Quando eles eram jovens, eles se conheceram e se apaixonaram pelas ideias um do outro, e também se apaixonaram um pelo outro”, conta.

“No filme, Dumbledore é um professor que inspira os alunos de Hogwarts e também um homem rebelde. Ele ainda não é o mago sábio que conhecemos. Ele tem um lado sombrio”, afirmou. os fãs não curtiram muito a ideia, e logo correram para o Twitter para criticar a autora, que precisou se manifestar.

“Estão me enviando mensagens abusivas sobre uma entrevista que não me envolvia, sobre um roteiro que eu escrevi, mas que nenhuma das pessoas com raiva leram, que é parte de um série de cinco filmes e este é apenas um. Obviamente há muita diversão, mas sabe o que é *mais* divertido?“, escreveu ela, divulgando um GIF de “mute”, que é uma ferramenta da rede social usada quando se quer silenciar algum perfil. “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” estreia 15 de novembro deste ano no Brasil.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!