Pesquisadores revelam em estudo que não existe homem 100% heterossexual

Um novo estudo afirmou que não existe tal coisa de “hétero”. Publicado no Jornal de Personalidade e Psicologia Social , os pesquisadores argumentam que é impossível que um homem ou uma mulher seja “inteiramente hétero”.

No estudo, um grupo de homens e mulheres que se identificam como heterossexual foram expostos a diferentes tipos de material pornográfico. Os pesquisadores analisaram as reações físicas à pornografia, mais notavelmente a dilatação da pupila, que é um sinal inato de excitação sexual em homens e mulheres.

Ritch C Savin-Williams, Diretor de Psicologia do Desenvolvimento da Universidade de Cornell, disse à Broadly : “Mostramos aos homens heterossexuais uma imagem de uma mulher se masturbando e eles respondem exatamente como um cara heterossexual, mas também mostramos um cara se masturbando e seus olhos dilataram um pouco.

“Então, nós realmente podemos mostrar fisiologicamente que todos os caras não são gay, heterossexuais ou bi”. Savin-Williams afirma que a idéia de ser bissexual é mais aceita quando se trata de mulheres, mas os homens ainda lutam com a idéia por causa da masculinidade tóxica.

“Sempre reconhecemos principalmente mulheres heterossexuais, ou seja, as mulheres que são principalmente heterossexuais, mas se a mulher certa vem, bem, talvez ela vá tentar. Nós costumávamos pensar que era apenas um fenômeno feminino”, acrescentou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!