Agência de saúde pede que americanos parem de lavar e reutilizar camisinhas

Camisinhas são feitas para serem usadas uma única vez, mas muita gente pelo visto não sabe disso. Uma das principais agência de saúde pública do mundo, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC na sigla em inglês), nos Estados Unidos, recentemente viu a necessidade de emitir um alerta à população.

“Estamos falando porque as pessoas fazem isso: não lavem nem reusem #camisinhas. Use uma nova a cada ato #sexual”, publicou a agência, ligada ao Departamento de Saúde e Serviços Humanos do governo em sua conta no Twitter. O CDC também divulgou um link para uma página com informações sobre como usar preservativos masculinos e femininos e sua eficácia na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, as DSTs.

O CDC não deu mais comentários sobre o que teria levado ao alerta, mas órgãos da imprensa americana especulam que a medida pode estar ligada a divulgação recente de dados preocupantes sobre as DSTs no país. Em 2016, foram computados 2 milhões de casos de gonorreia, clamídia e sífilis – o maior número desde o início dos registros.

“Enquanto todas essas três DSTs podem ser curadas com antibióticos, se não são diagnosticadas e tratadas, podem trazer sérias consequências à saúde, como infertilidade, gravidez ectópica (gravidez anormal que ocorre fora do útero), morte do feto e um risco aumentado de transmissão de HIV”, diz o site do CDC.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!