Com ajuda de irmão, pai agride filho gay a pauladas após vê-lo usando maquiagem

Inconformado em ver o filho usando maquiagem, um pai teve um ataque de fúria e agrediu o adolescente de 14 anos a pauladas, no bairro Bebedouro, em Maceió. A mãe do adolescente esteve nesta quarta (26/08), na sede da 4ª Região do Conselho Tutelar e denunciou o caso, alegando também ser vítima de ameaças por parte do agressor.

Em entrevista ao site de notícias locais THN1, a dona de casa, que preferiu manter o anonimato, disse que já sabia da sexualidade do adolescente e que o filho já tinha sido agredido anteriormente pelo pai. “Eu sabia, mas o pai só soube há pouco tempo e não gostou quando ele chegou em casa usando maquiagem e meteu o pau na cabeça dele. O irmão dele também ajudou e deu uns socos”, relatou. O irmão em questão teria 34 anos e não é filho da mesma mãe.

“Ela batia no menino, mas nunca foi tão grave como agora. Meu filho saiu de casa dizendo que ia comprar sorvete e voltou sangrando e já desmaiando das pauladas”, acrescentou. Segundo ela, as agressões aconteciam sempre que o pai ingeria bebida alcoólica. “Meu desejo é ter segurança e que eles paguem pelo que fizeram com meu filho de 14  anos”, afirmou. O adolescente precisou levar 15 pontos na cabeça após as pauladas. Tanto a mãe quanto o filho estão recebendo apoio da OAB e do Grupo Gay de Maceió.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!