Conheça “El Principe”, filme banido da Amazon por conta de suas cenas quentes de sexo gay quase que explícitas

Vencedor do prestigiado Prêmio Queer Lion no Festival de Cinema de Veneza, o filme “El Principe” (O Príncipe), de 2019, é um drama homoerótico ambientado em uma repressiva prisão chilena dos anos 1970. Chileno, o longa acabou em uma lista de títulos proibidos pela Amazon na primeira semana de seu lançamento. Vem entender o porquê!

O Príncipe” conta a história de Jamie (Juan Carlos Maldonato), um jovem de 20 anos que esfaqueia o seu melhor amigo, no que parece ter sido um ataque de paixão e ciúmes. Depois de ser condenado e preso, ele começa a se aproximar de um dos líderes da cadeia e os dois iniciam um perigoso relacionamento. Conhecido na penitenciara como “O Príncipe”, Jaime inicia um estilo de vida que nunca imaginava seguir.

Ousado, chocante e sexualmente carregado, a produção inclui diversas cenas de sexo gay e nudez frontal completa, de modo que o filme contorna o limite da pornografia. Em um dos momentos do longa, vários dos atores até parecem ficar excitados diante das câmeras. Estamos supondo que talvez seja por isso que a Amazon o baniu.

No entanto, O Príncipe nunca tenta excitar. Em vez disso, o filme fala sobre as contradições da masculinidade como a obsessão sobre o tamanho genital, número de parceiros sexuais e a necessidade constante de contato corporal com outros homens. Ficou interessado?! Você pode assistir a produção via AppleTV, Vimeo e Fandango Now. Vale a pena conferir!

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!