Homem ejacula durante exame de próstata e atira no médico

Um homem de 56 anos da Flórida ejaculou durante um exame de próstata e atirou duas vezes, à queima roupa, no peito do médico que fez o procedimento. Segundo informações do portal Global Nea, Milo Johanson fugiu do estado no dia do incidente, que ocorreu em 22 de agosto.

Em entrevista ao portal BokDaily, o médico, Herald Smith Jr., afirmou que realiza esse exame há mais de 30 anos e que isso não tem nada a ver com sexualidade. “A próstata é como um ponto G masculino e carrega sêmen, é muito sensível, então quando é tocada e massageada você tem orgasmo quase sem esforço. A próstata só é acessível por meio do ânus e isso não é muito confortável para muitos homens”, explicou Smith, que sobreviveu aos tiros.

“Eu entendo que Milo ficou chocado com o que aconteceu com ele, um orgasmo significava que algo sexual tinha acontecido entre nós. Com isso, ele se tornou muito agressivo”, continuou. “Ele me mandou pedir desculpas, e dizer ‘sem viadagem’, eu nem sabia o que isso significava”, disse o médico. Dr. Smith conta que estava tentando ao máximo acalmar Milo e explicar que o acontecido é algo normal, mas ele sacou uma arma e disparou vezes contra ele e fugiu.

Milo, que era vendedor de carros em Jacksonville, desapareceu sem deixar vestígios. Ele agora é um fugitivo da policia.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!