Atleta de rugby Dan Palmer sai do armário e fala sobre aceitação: “Passei anos me desprezando”

Dan Palmer, ex-jogador de futebol profissional australiano da união do Rugby, é mais um atleta que acaba de assumir que faz parte do vale. Em recente entrevista para o site Sydney Morning Herald, o ex-jogador de 32 anos descreveu seus problemas de saúde mental e abuso de drogas por não aceitar sua sexualidade.

“Fiquei extremamente frustrado, com raiva e desesperadamente triste. Eu me desprezava e a vida que estava vivendo. Eu estava preso em uma falsa narrativa e não via saída”, escreveu, e complementou: “Quase todas as noites, chorava até dormir e costumava me anestesiar com um forte coquetel de opioides. Eu fantasiava em desaparecer, mudar meu nome e começar minha vida tudo de novo. Não é exagero dizer que minha própria morte foi preferível a qualquer um que descobrisse que eu era gay”, continuou.

Me dá nojo saber que no ano de 2020 ainda há pessoas se torturando do jeito que eu estava, dentro e fora do esporte – precisamos ser melhores”, concluiu Palmer. Bem vindo ao vale!

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!