Casal denuncia homofobia ao ter corrida recusada por motorista de Uber: “Eu não levo viado”

Mais um casal gay foi vítima de homofobia por parte de um motorista do Uber. Segundo Marcelo Salazar Rodrigues, de 41 anos, e Nathan de Souza, de 36, no último domingo (27/12), eles solicitaram um carro após fazerem compras e, assim que o veículo parou, o motorista abaixou o vidro e os ofendeu gratuitamente.

O motorista disse: ‘Chamem outro carro, eu não levo viado’“, disse Marcelo ao G1. De acordo com o casal, esta é a primeira vez que os dois são vítimas de homofobia por parte um motorista do aplicativo. “Vou fazer a queixa crime, porque passar por homofobia é humilhante. Nós choramos demais. Precisamos ser respeitados. Não importa se moro com homem ou não, respeito cabe em qualquer lugar“, desabafou Marcelo. “Fora que a corrida não é de graça e ninguém paga fiado. É tudo no dinheiro ou no cartão de crédito. O meu companheiro está arrasado“, lamenta.

Segundo o G1, o motorista ainda cancelou a corrida marcando a opção de que não encontrou o passageiro, o que gerou multa ao casal. Que cara de pau, gente! Em nota, o Uber afirmou que tem uma política de tolerância zero a qualquer forma de discriminação em viagens realizadas pela plataforma. “Assim que soubemos do incidente, banimos o motorista citado e entramos em contato com o usuário para prestar apoio“, diz trecho da nota.

Nota da Uber

Levamos esse tipo de denúncia muito a sério. A Uber tem uma política de tolerância zero a qualquer forma de discriminação em viagens realizadas por nossa plataforma. Assim que soubemos do incidente, banimos o motorista citado e entramos em contato com o usuário para prestar apoio. A Uber defende o respeito à diversidade e reafirma o seu compromisso de promover o respeito, igualdade e justiça para todas as pessoas que se declaram LGBTQIA+.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!