Político que votou a favor de lei transfóbica é flagrado curtindo pornografia trans no Twitter

Um legislador estadual republicano no Alabama (EUA) foi pego no pulo assistindo a pornografia trans online, apenas uma semana depois de votar a favor de um projeto de lei transfóbico que ataca o acesso de menores transexuais a cuidados de saúde que salvam vidas. Segundo informações do portal LGBTQNation, o senador estadual Tom Whatley deu like em um tweet explícito da conta “Bambi Hardcore TG 18+“, que a descreve como uma “princesa das fadas trans“.

Isso pode surpreender alguns de seus constituintes, considerando que Whatley votou a favor do projeto de lei SB 10 no senado estadual, que criminalizaria os médicos que prestam cuidados de saúde de afirmação de gênero a jovens trans. O projeto é tão radical que um médico que prescrevesse bloqueadores de puberdade poderia pegar 10 anos de prisão por fazer seu trabalho. De acordo com a AP, o projeto cobriria até terapia de conversão para jovens transexuais.

O texto do projeto de lei diz que tratamentos como bloqueadores de puberdade – mesmo depois de anos de testes e administrados por um médico – de alguma forma constituem “experimentação médica humana perigosa e descontrolada que pode resultar em consequências graves e irreversíveis para sua saúde física e mental”.

Os bloqueadores de puberdade, como seu nome sugere, na verdade atrasam o início da puberdade para que os jovens trans, seus pais e seus médicos possam ter tempo para entender suas identidades e descobrir o melhor caminho a seguir. Se uma pessoa trans parar de tomá-los, entrará na puberdade associada ao sexo atribuído no nascimento.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!