Produtora Irmãos Dotados afirma que ator foi demitido de salão de beleza de SP por fazer pornô gay

A Irmãos Dotados usou as suas redes sociais para denunciar demissão de Jônatas Tepassé, de 29 anos, que trabalhava em um salão de beleza de São Paulo. Segundo a produtora pornô gay, o fato ocorreu logo após um dos colegas de trabalho de Jônatas no salão descobrir a gravação.

Na publicação, a Irmãos Dotados afirma que o colega de trabalho teria reunido outros funcionários do local para exibir o filme de 2 minutos. “Após toda a situação constrangedora, o acontecido chegou até os ouvidos do dono do salão que não pensou duas vezes em demitir o profissional sem nenhum tipo de aviso prévio, apenas usando uma desculpa de que ‘Têm muitos profissionais por aí e queremos experimentar outros'”, explicou a produtora, sem revelar o nome do estabelecimento. Eles também afirmam que Jônatas sofreu assédio no salão. “Chegaram a levantar sua camisa passando a mão em sua barriga, em seu membro e em sua bunda sem nenhum tipo de respeito“, diz o comunicado.

A Irmãos Dotados informa ainda que o ator entrará com processo contra os envolvidos. “Este tipo de atitude não pode passar impune. O que o profissional faz fora do seu ambiente de trabalho, não diz respeito a mais ninguém, pois todo ser humano deve ser livre para fazer aquilo que quiser em sua vida“, pontua a produtora. “A sociedade precisa saber respeitar e aceitar que isto é um trabalho como qualquer outro envolvendo a arte.”

Em conversa com o Gay Blog, Jônatas disse que “foi humilhante essa situação, pois eu sabia e todo mundo sabia o real motivo de eu ser demitido. Não é como disseram, que existiam muitos profissionais no mercado e eles queriam dar oportunidade pra conhecerem outras pessoas”.

Confira a publicação

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!