Presa por matar o marido, Elize Matsunaga está namorando homem trans na Penitenciária de Tremembé

Elize Matsunaga, condenada a 16 anos de prisão pelo assassinato e esquartejamento do marido, o presidente da empresa de alimentos Yoki, Marcos Kitano Matsunaga, está vivendo um novo amor. Elize namora o estudante Tiago Cheregatte Neves, que é homem trans e cumpre pena de cinco anos no presídio feminino por ter tentando matar, no ano passado, o avô a golpes de martelada. 

De acordo com Léo Dias, do portal Metrópoles, detalhes do relacionamento serão contados no livro “Elize Matsunaga – A jornada da mulher que esquartejou o marido“, do jornalista Ullisses Campbell, que será lançado no segundo semestre deste ano. Segundo Campbell, Elize já havia namorado Sandra Ruiz, vulgo Sandrão, dentro de Tremembé, em 2014. No entanto, Sandrão largou Elize para ficar com Suzane von Richthofen, o que teria motivado uma rixa que perdura até hoje entre as duas condenadas por um dos crimes mais famosos do Brasil. 

Nesta terça-feira (18/05) as duas foram liberadas, assim como outros presidiários, para a saída temporária, devendo retornar à prisão na próxima segunda. Elize Matsunaga cometeu o crime em 2016 e atualmente já cumpre a pena em regime semiaberto – que a permite trabalhar ou estudar ao longo do dia e voltar para a cadeia à noite. 

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!