Heterossexual, ator revela ameaças de morte por viver gay na série “Com Amor, Victor”

O ator Michael Cimino, de 21 anos, deu uma entrevista à revista “Attitude” e contou que vem recebendo ameaças de membros da comunidade LGBTQ+. Isso porque o ator, que é heterossexual, interpreta um personagem gay na série “Com Amor, Victor“.

Definitivamente, recebi algumas críticas da comunidade LGBTQ+ por estar no papel. Recebi ameaças de morte, o que é horrível. Mas o show é importante para mim. E quanto às mensagens de ódio eu entrei neste projeto sabendo que isso iria acontecer, independentemente do quão bom eu fosse”, contou ele. “Mas há alguns atores heterossexuais que interpretam personagens gays, que querem apoiar os direitos LGBTQ+ enquanto promovem seu projeto, mas quando terminam, um ano depois, isso desaparece. E não é isso que faz de você um aliado. Não é assim que você apoia os direitos LGBTs. Se você não é um verdadeiro aliado, o que está fazendo?“, questiona.

É uma honra interpretar Victor e uma grande responsabilidade. Eu entrei com a intenção pura de representar isso corretamente e me esforcei para garantir que todos que acompanhassem essa história se sentissem representados“, finaliza Michael.

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!