Prefeitura do Rio instala placas em homenagem a personagens e cenários marcantes na história LGBTQIA+

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, 28 de junho, foi marcado no Rio pela inauguração das três primeiras placas do Patrimônio Cultural Carioca do Circuito da Diversidade. A iniciativa da Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual aconteceu por meio da Secretaria de Cultura e em parceria com o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade.

As placas foram instaladas nos seguintes endereços: Cabaret Casanova (Av. Mem de Sá, 25, Centro), palco de apresentações de artistas emblemáticos como Madame Satã; Largo da Carioca (endereço do extinto jornal “A Pátria”), em homenagem a João do Rio — jornalista, cronista, contista e teatrólogo que completa seu centenário de morte este ano; e no Parque do Flamengo (Parque do Flamengo, em frente à Rua Dois de Dezembro), em homenagem a Lota de Macedo Soares, onde houve cerimônia de lançamento. “Esta iniciativa é uma maneira de perpetuar a memória de personalidades muitas vezes invisibilizadas em suas subjetividades. Resgatar nosso passado de luta e resistência é necessário para construirmos um futuro de igualdade“, destaca o coordenador executivo da Diversidade Sexual, Carlos Tufvesson, um dos responsáveis por conduzir o evento.

Além do lançamento do Circuito, a data também foi celebrada em um seminário promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro, em parceria com a Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual. Intitulado “Stonewall carioca: avanços, resistências e história da cidadania LGBTI no Brasil a partir do Rio de Janeiro” e disponível no YouTube da OAB/RJ, o debate discutiu o reconhecimento dos direitos civis dos cidadãos LGBTQIA+ brasileiros nas últimas duas décadas.

A agenda do dia do Orgulho LGBTI+ se encerrou com uma sessão solene promovida pela Câmara dos Vereadores, com transmissão pelo YouTube e TV Câmara. Na cerimônia, foram homenageados ativistas do movimento LGBTI+ carioca.

Confira imagens

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!