Travesti é assassinada a facadas em crime transfóbico no Ceará; dois suspeitos foram capturados

Um homem de 22 anos foi preso e um adolescente de 16 apreendido, nesta quarta-feira (23/06), suspeitos de participação na morte da travesti conhecida como Bebê, de 29 anos, em Paracuru, no Litoral Oeste do Ceará. A Polícia ainda procura um terceiro suspeito, já identificado.

A vítima foi morta a facadas na manhã da última terça-feira (22/06) no bairro Rio Doce. Segundo a delegada titular da Delegacia Metropolitana de Paracuru, Sâmella Saraiva, as investigações apontam transfobia como motivação do crime. “Colhemos vestígios e depoimentos, que constataram a presença dos suspeitos no local do crime. Os dois demonstraram frieza ao falar sobre o crime, sobretudo o adolescente, que contou detalhes sobre a ação. Além disso, o corpo foi encontrado com lesões decorrentes de objetos contundente e perfurocortante, após uma discussão entre os envolvidos e a vítima”, relata a delegada.

Segundo Sâmella, durante as investigações os agentes receberam denúncias anônimas sobre o paradeiro de Manoel Moreira Freire Neto, 22 anos, e do adolescente de 16 anos. Na busca pelos suspeitos, a bicicleta da travesti foi encontrada na residência do adolescente. Manoel foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo motivo torpe, em razão dos indícios de conduta transfóbica e por impossibilidade de defesa da vítima. Nos mesmos termos, foi registrado um ato infracional análogo ao homicídio contra o adolescente.

Buscas são mantidas para encontrar um terceiro suspeito, de 19 anos, já identificado. A Polícia Civil vai aprofundar as investigações no intuito de reunir mais subsídios para a conclusão do inquérito policial.

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!