Masculinidade frágil?! Seleção Brasileira é a única que não tem o número 24; CBF não explica o motivo

A seleção brasileira é a única entre as participantes da Copa América que não tem um jogador vestindo a camisa de número 24. Todas as demais seleções possuem um jogador com o número nas costas.

Tradicionalmente, os times são compostos por 23 jogadores, mas, por conta da pandemia a Conmebol liberou até 28 jogadores, daí quando a numeração da seleção chega no 23, pula diretamente para o 25. A camisa 23 pertence ao goleiro Ederson. Em seguida, vem o volante Douglas Luiz, que usa a 25. A CBF não explicou o motivo pelo qual o número foi excluído da seleção. Mas, nem precisa, né gente?! Historicamente, o número 24 no Brasil está ligado ao jogo do bicho, no qual representa o veado, animal usado de forma pejorativa para ofender homossexuais no país.

No ano passado, o meio-campista colombiano Cantillo recebeu a camisa 8 no Corinthians, apesar de sempre ter usado a 24 em outras equipes. Na época, o então diretor de futebol e hoje presidente, Duílio Monteiro Alves, disse “24 aqui não” no meio da apresentação. Mais tarde, Duilio classificou a própria fala como “brincadeira infeliz“. Menos de um mês depois de ser apresentado, Cantillo foi a campo com o 24 nas costas.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!