Dois homens são presos suspeitos de assassinar travesti com golpes de chave de fenda em Presidente Prudente

A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (19/07), dois homens suspeitos de ter matado uma travesti em Presidente Prudente. A vítima foi encontrada com vários ferimentos na cabeça, no pescoço e no peito causados por uma chave de fenda.

O delegado responsável pelo caso, Claudinei Alves, afirmou ao G1 que a Polícia Civil investigava o homicídio desde o dia do registro do assassinato, no dia 19 de junho deste ano. Os homens presos, que não tiveram a identidade revelada, têm 22 e 23 anos. “Conseguimos fazer a custódia desses homens. Eles foram ouvidos e confessaram o crime. Segundo os levantamentos, eles eram clientes da vítima. No dia do crime houve um desajuste sobre o preço do programa e começou uma briga entre eles. Um deu um murro no rosto da vítima, que caiu“, explicou Alves. “Eles acabaram utilizando uma chave philips [chave de fenda estrelada], que um deles usava na ignição do carro”.

Segundo o delegado, os criminosos abandonaram a vítima após o ataque. No dia seguinte, eles retornaram e observaram se o corpo da travesti ainda estava por lá. Após confirmar que o corpo permanecia no local, eles foram embora. “Eles moravam próximos. Mas, depois do crime, um deles até mudou de bairro“, disse o delegado. Agora, a Polícia Civil aguarda laudos de exames para finalizar o inquérito. “A prisão temporária é por 30 dias e eles foram encaminhados para a Cadeia de Presidente Venceslau“, finalizou Alves ao G1.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!