Juju Oliveira denuncia ataques após doar dinheiro arrecadado para cirurgia no rosto: “Acham que fiz uso próprio”

Juju Oliveira, mulher transexual que fez uma vaquinha no ano passado para realizar uma cirurgia de retirada do silicone industrial do rosto, doou para uma instituição de caridade os R$ 20 mil arrecadados e alegou ter se arrependido. Por conta disso, Juju diz que vem sofrendo ataques de pessoas que não acreditam que esse foi o destino do dinheiro.

“Fui muito julgada quando aceitei receber ajuda e mais julgada ainda quando doei tudo sem dar nenhuma satisfação! Muitos acharam que fiz uso próprio! Muitos disseram que era golpe! Ajudei muita gente que hoje me odeia por eu não poder ajudar mais. Talvez tenha tomado uma decisão errada em ter doado todo o dinheiro por medo, por já ter passado por tentativa de assalto! Nesse momento, perdi a credibilidade com muitos”, escreveu Juju em uma publicação em seu perfil do Instagram. 

“Hoje ainda preciso de ajuda e muitos mandam eu ir trabalhar. Ok. Se por conta de eu ter doado um dinheiro que era para a cirurgia, não mereço mais ser ajudada, então fico assim. Muito obrigada por todos que ajudaram”, finalizou. No início deste ano, ela já havia falado sobre o assunto e declarado que não iria mais passar pelo procedimento, já que havia arrecadado apenas 20% do valor necessário para a cirurgia. Ela precisava de R$ 45 mil para realizar o procedimento.

Moradora de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, Juju ainda mostrou mensagens que recebe de um perfil chamado “Juju golpista“: “Chinelona, vagabunda, vou te pegar em Passo Fundo, rasgar sua cara, te dar essa cirurgia de graça com uma pancada“, dizia uma das mensagens.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!