Campeãs na final do Brasileirão Feminino, jogadoras do Corinthians reforçam luta contra a LGBTfobia

O Corinthians conquistou neste domingo (26/09) seu terceiro título do Campeonato Brasileiro Feminino ao vencer o Palmeiras em Itaquera por 3 x 1. Em meio a festa do título, Katiuscia, que é lateral do “Timão”, levou para o gramado uma bandeira do arco-íris e aproveitou para fazer uma homenagem à comunidade LGBTQIA+.

 “É uma luta diária para muitas pessoas. O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTQIA+, estamos aqui para mostrar que a gente está nessa luta juntas.  que tem que existir amor […]”, afirmou a atleta. No gramado, Katiuscia posou para fotos com a bandeira. Em uma delas, esteve ao lado de Cacau, Ingryd e Pardal, em uma imagem que representa muito a mensagem dada pela lateral depois do jogo. “Esse é um time que respeita, e é isso. Tem que existir respeito. As pessoas têm que se respeitar e ter mais amor um pelo outro“, finalizou.

Além da bandeira do arco-íris, Katiuscia também exibiu a bandeira de São Vicente, sua cidade natal. Dentro de campo, ela foi titular na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras, que garantiu ao clube seu terceiro título nacional. Os gols do Timão foram marcados por Agustina (contra), Adriana e Vic Albuquerque.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!