Polícia investiga morte de jovem que estava desaparecido após sair acompanhado de boate na Lapa

A Polícia Civil investiga a morte do técnico de enfermagem Jonathan Amâncio, de 23 anos. Ele desapareceu depois de sair acompanhado por um rapaz de uma boate na Lapa, na Região Central do Rio, no último fim de semana. O corpo do jovem foi encontrado na terça-feira (21/09) em uma caçamba de lixo em Manguinhos, na Zona Norte da cidade.

Ao G1, parentes de Jonathan contam que a família estava reunida na boate comemorando o aniversário de Aline, tia da vítima, na sexta-feira (17/09). Outra tia, Flávia Melo, contou que em meio aos convidados havia um homem desconhecido. “O rapaz não era conhecido de Jonathan. Ele foi levado por uma amiga dele para a festa. Aline saiu para pegar o bolo e quando retornou, Jonathan já não estava mais na boate. Ela saiu da boate atrás dele, mas não consegui mais vê-lo. Ela começou a ligar para o celular dele, mas ele não respondia“, disse Flávia. Segundo a família, Jonathan havia saído do local acompanhado do rapaz, que teria sido expulso por seguranças da boate depois de arrumar confusão por ter dançado em cima de uma das mesas do bar. 

A tia contou que a família recebeu prints da última conversa do jovem com um colega na manhã de sábado (19/09), por volta de 7h. Mas ela desconfiou de que não era Jonathan respondendo, já que o tom da conversa parecia estranho. “Não parecia ser ele, porque ele costumava mandar somente áudios. Até o jeito de escrever estava diferente. Mandaram uma foto. Ali, pela foto parecia que ele já estava morto. Começamos a desconfiar, o rosto do Jonathan estava machucado e com muito sangue na cabeça. E também porque a blusa que estava na cabeça dele era a blusa do suspeito, o rapaz que saiu com ele da boate“, afirmou Aline.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso segue sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). O corpo de Jonathan foi enterrado no cemitério de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na tarde desta quinta-feira (23/09).

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!