Em novo vídeo, motorista que viralizou na web diz que passageiros não acreditam que ele seja gay

Leandro Miranda, o motorista que viralizou nas redes sociais depois de um vídeo em que respondeu com deboche à pergunta de uma passageira que o questionou sobre como ele poderia ser gay e dirigir um ônibus, diz que as pessoas não estão sabendo lidar com o fato de ele ser gay e conduzir um coletivo.

Em um vídeo publicado em seu Instagram, Leandro conta que, nesta semana, depois do episódio que ocorreu na última sexta-feira (22/10), um rapaz entrou no ônibus, ficou olhando para ele e disse que não viu “diferença nenhuma entre ser gay e ser hétero e dirigir ônibus”. “‘Eu falei que não existe diferença. E ele: ‘Mas vem cá, isso é um personagem, né? O senhor não é gay não, né?’ Sou gay sim’. E ele: ‘Não, não é não’. Eu falei: ‘Então vou ter que marcar pra fazer um voyeur , você assiste e vê como é que acontece“, brinca ele.

Leandro termina, mais uma vez, rebatendo o preconceito velado com muito bom humor. “Gente, cada doideira. Vou falar na empresa para fazer um crachá para mim escrito ‘motorista gay’, para identificar. O pessoal não está conseguindo lidar com isso. Afinal, tem diferença? Não tem, gente. É normal”, conclui.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!