Hétero já faturou 80 mil com OnlyFans: “Assinam sabendo que não tem nada gay e se amarram”

Conversamos com William Johnny no estúdio do Pheeno! Ex-participante do reality “Se Sobreviver, Case”, o paulista conta que o interesse do público LGBTQ+ veio do conteúdo sensual que posta no Instagram.

Como o reality o mostrava sem roupa, ele decidiu investir em produção de conteúdo em plataformas como OnlyFans e já faturou cerca de 80 mil reais em um ano! William revela que héteros procuram seu conteúdo alegando que também tem vontade de trabalhar com isso, e que o público LGBTQ+ consome suas plataformas mesmo sabendo que não tem conteúdo gay: “Assinam e se amarram”.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!