Fundador de grupo de “ex-gays” admite ter tido diversas recaídas e se diz arrependido: “Cresci espiritualmente”

O norte-americano Jeffrey McCall, fundador do grupo de “ex-gaysFreedom March, admitiu ter tido vários encontros sexuais com homens desde o ano passado. O grupo é conhecido por realiza inúmeras manifestações de “ex-LGBTs” em todo os EUA, transmitindo sua mensagem de que as pessoas podem se tornar heterossexuais ou cisgênero ao se voltarem para Jesus Cristo.

Em um post recente no Facebook, McCall admitiu que “falhou múltiplas vezes” e ficou com vários homens desde 2020. “Em 2020 eu encontrei alguém que eu estava tentando ajudar… o que enfraqueceu minha fé em Jesus e acabei dando meu coração. Após negar o que eu queria com ele, eu acabei tendo relações sexuais com um homem quando me senti sozinho e machucado. Desde então, tive muitas recaídas com os homens”, afirmou o “ex-gay“.

McCall acrescenta que, após cada encontro, ele “se arrependia verdadeiramente e se afastava novamente”, e que ele sentia o “amor de Deus, misericórdia, e perdão antes de finalizar cada reza”. Infelizmente, McCall não tem planos de abandonar suas práticas de terapia de conversão amplamente desmentidas. Ele garante que suas recaídas fizeram “sentir como se tivesse crescido muito espiritualmente” e tornado seu “relacionamento com o Senhor ainda mais forte.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!