Ariana Grande doa US$ 1,5 milhão para combater legislação antitransgênero nos EUA

Ariana Grande iniciou o apoio a uma organização que luta contra algumas leis que restringem os direitos de jovens trans nos Estados Unidos e pede doações aos seus seguidores. A cantora de 29 anos acaba de fechar parceria com a Pledge – plataforma de arrecadação de fundos centrada em caridade – para o lançamento do Protect & Defend Trans Youth Fund’. Segundo Ariana, a plataforma foi criada para “apoiar organizações que prestam serviços diretos e defendem os direitos da juventude trans”.

Criado na última quinta-feira (31/03), no Dia Internacional da Visibilidade Trans, a ideia é lutar contra a criação de legislação antitransgênero no país, visto que nos últimos dias, foram aprovadas leis no Arizona e no Texas para impedir os direitos de crianças transgêneros nos estados. “Neste momento, há centenas de projetos de lei pendentes nas legislaturas estaduais nos Estados Unidos que visam jovens trans e visam restringir seus direitos. O impacto da luta contra essas leis e políticas antitrans é sentido o ano todo pelas pessoas trans, suas famílias e entes queridos”, disse a cantora em um comunicado ao anunciar o projeto em seu Instagram.

Por favor, junte-se a mim para doar para este evento de arrecadação de fundos, que fornecerá fundos críticos para organizações que defendem jovens em estados atualmente visado por políticas antitrans“, pediu ela, que doou US$ 1,5 milhão. Por fim, Ariana compartilha uma lista de 19 organizações que dividirão igualmente as doações.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!