Diego Martins defende personagem após crítica viralizar: “certeza que você não assiste”

Um usuário do Twitter que se intitula crítico de audiovisual fez duras críticas aos personagens Ramiro e Kelvin do folhetim de sucesso “Terra e Paixão” da Rede Globo. Em sua crítica, a frase “O assassino da novela e o gay afeminado que ele sempre fantasia como uma mulher. Vamos celebrar” com a capa da revista “Canal”, onde os dois atores aparecem como “namoradinhos do Brasil”, gerou inúmeras interpretações, inclusive negativas sobre os próprios atores, a quem ele acusou de “apenas ser o alívio cômico” da novela.

Diego Martins, intérprete de Kelvin, respondeu á crítica gerando uma longa discussão: “Entendo tanto o seu ponto. mas discordo bastante. já fizemos cenas tão lindas, que discutem tanta coisa interessante. já falamos sobre casamento homoafetivo, já falamos sobre família e suas diferentes formas de ser e de constituir. já falamos de amor e de descobrir o amor”, disse o ator.

“É claro, no quesito de narrativas gays, a TV brasileira engatinha ainda, o que é uma pena. É tudo realmente muito devagar, mas eu vejo onde chegam as discussões -que não são nada vazias- chegarem nas pessoas. E esse papel de ser o alívio cômico sem função alguma eu não passo. Tô te trazendo um ponto de vista de quem acompanha as cenas desses dois personagens desde o início. Não só de dentro. tenho certeza que você não assiste todas as cenas, eu assisto uma a uma por que sou eu que tô lá”.

A discussão foi longa a maioria dos internautas concordam que a crítica abre precedente para ataques aos atores: “A gente não ama e celebra a Nazaré, Carminha e outros vilões? Eu entendo que existam narrativas problemáticas, mas porra tem coisas que são apenas pessoas celebrando bons atores fazendo personagens cativantes pq são legais de assistir”, disse a drag Dacota Monteiro em resposta ao crítico, que silenciou o post por conta do cancelamento.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!