Pastora evangélica tira marido do armário e o acusa de pedofilia

maxresdefault

A pastora Bianca Toledo usou as redes sociais para fazer um desabafo na madrugada desta quarta-feira (06/07). Em um vídeo publicado em seu perfil oficial no Facebook, Bianca diz que seu marido, o também pastor Felipe Heiderich, é gay e que estaria enfrentando acusações de pedofilia. Ainda segundo ela, Felipe teria tentado suicídio!

“Eu sempre fui muito sincera com vocês e no pior momento da minha vida não podia ser diferente. Todos estão perguntando o que está acontecendo, porque estou triste e abatida. Confesso que descobri coisas que não queria ter descoberto. Ele [Felipe] passou por uma tentativa de suicídio quando eu não estava em casa e está internado em uma clínica psiquiátrica. Na clínica psiquiátrica foi diagnosticado com psicose maníaco-depressiva, com neurose grave, múltiplas personalidades“, disse.

“Ele chegou a confirmar que tinha um quadro de homossexualidade latente no tempo vigente do meu casamento com ele, o que me fez desejar cancelar esse casamento”, completou. Em seguida, ela diz que Felipe seria pedófilo. “Ele está acautelado por crime de pedofilia e estou aguardando a justiça do céu, a justiça da terra e clamando pelo apoio de todos vocês”, continua Bianca.

Ainda na rede social, a pastora conta que o marido está preso em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. “O pedido de prisão do MP (Ministério Público) foi feito mediante uma série de provas contundentes. E as provas não param de chegar (…) Estou de Luto. Mas agora eu só quero Justiça!”, escreveu.

Confira o vídeo…

Relembre…

Casados desde 2014, Bianca e Felipe tem milhares de seguidores nas redes sociais. O vídeo dos dois já foi compartilhado inúmeras vezes e considerado o “casamento mais lindo do mundo”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!